Surprise Me!

Mórmon americano sequestrado e levado para a Coréia do Norte para ensinar inglês para Kim Jong-Un.

2016-10-29 20 Dailymotion

PYONGYANG, CORÉIA DO NORTE --- Segundo relatos um ex missionário mórmon de Utah que foi levado para a Coréia do Norte em 2014 e tem sido forçado a servir como professor de inglês pessoal de Kim Jong Un.

David Sneddon foi visto pela última vez em uma caminhada na China, onde estava estudando mandarin. Ele já era fluente em coreano, que ele aprendeu durante uma missão mórmon na Coréia do Sul.

As primeiras manifestações sobre o paradeiro atual de David foram feitas pela União da família de desaparecidos da Coréia do Sul.

O presidente da união disse que David agora trabalha como professor de inglês em Pyongyang e tem uma família norte coreana.

Segundo autoridades chinesas, David teria morrido em um acidente durante caminhada, mas sua família em Utah não engoliu esta história.

Eles acreditam nas revelações de que ele foi sequestrado e levado para a Coréia do Norte.

Fontes afirmam que David tem dois filhos com sua esposa norte coreana, e que ele até ensinou inglês a Kim Jong Un.

David tinha 24 anos quando foi visto pela última vez explorando o salto garganta do tigre, na província chinesa Yunnan.

A área é perto do caminho de um assim chamado trilho clandestino usado por refugiados norte coreanos para fugir para um terceiro país.

Acredita-se que agentes norte coreanos operem na área com a permissão da China.

Os pais de David nunca aceitaram a explicação da China para seu desaparecimento.

E vamos encarar vai, esta não seria a primeira vez que a Coréia do Norte dá sumiço em alguém para servir à família Kim.